Santa Casa inaugura primeiro centro internacional de arritmias da América Latina | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Santa Casa inaugura primeiro centro internacional de arritmias da América Latina

Santa Casa inaugura primeiro centro internacional de arritmias da América Latina

Único na América Latina contará com o cardiologista espanhol Josep Brugada em seu corpo clínico que descobriu a Síndrome de Brugada, condição rara e grave de arritmia que pode causar morte súbita

 

A ocorrência cardiológica mais frequente na população – a arritmia – tem um centro pioneiro no país, internacional e exclusivo para o seu tratamento na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre inaugurado na sexta-feira, 28 de setembro. Localizado no Hospital São Francisco, o Centro Internacional de Arritmias – Instituto J. Brugada, passa a dispor de todos os tipos de diagnósticos, gerenciamento e tratamento de arritmias. “O formato do nosso centro será único no país, pois, em um mesmo espaço, ofereceremos terapias por drogas (medicamentos), por aparelhos (marcapasso, desfibrilador) e por ablação por cateter (interrupção da arritmia com a colocação de cateter), além de um pronto atendimento 24 horas, ou seja, um suporte totalmente integrado para todas as necessidades relativas ao controle das arritmias” informa Dr. Fernando Lucchese, cirurgião cardiovascular e diretor médico do Hospital São Francisco. A atuação internacional se dará devido ao contrato assinado no início de maio com Josep Brugada, cardiologista espanhol que descobriu e dá nome à Síndrome de Brugada – uma arritmia hereditária que tem prevalência em homens jovens e pode causar morte súbita –, e que coloca o Instituto Brugada como parceiro no desenvolvimento das atividades médicas do Hospital São Francisco. Brugada passará a integrar o corpo clínico da instituição, onde periodicamente irá realizar procedimentos em pacientes. “Esta atuação em conjunto irá tornar o serviço um centro de referência no tratamento de fibrilação atrial e arritmias complexas, e estaremos aptos a receber médicos do Brasil e da América Latina para serem capacitados nestas áreas pelo Instituto Brugada”, completa Lucchese. O treinamento de profissionais será conduzido pela equipe do Dr. Carlos Kalil, referência brasileira em eletrofisiologia.

O QUE É A ARRITMIA

Um dos tipos de arritmia com maior prevalência é a fibrilação atrial, atingindo 2,5% da população mundial, o que equivale a cerca de 175 milhões de pessoas. No Brasil, estima-se que 1,5 milhão de pessoas tenham esta condição. A doença é caracterizada pelo ritmo de batimento rápido e irregular dos átrios do coração, sendo mais comum em pessoas de idade avançada.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *