Operação conjunta da Polícia Civil prende em SAP suspeito de feminicidio em Glorinha | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Operação conjunta da Polícia Civil prende em SAP suspeito de feminicidio em Glorinha

Operação conjunta da Polícia Civil prende em SAP suspeito de feminicidio em Glorinha

OPERAÇÃO PATRULHA.

Agentes da Delegacia de Polícia de Glorinha, com apoio dos policiais da Delegacia de Polícia de Santo Antonio da Patrulha, coordenados pelo Delegado de Polícia Rodrigo Bozzetto, após quase um mês de diligências para localizar o paradeiro do foragido J.C.M, 40 anos, efetuaram a sua prisão preventiva ontem a noite (20/02), no Município de Santo Antonio, depois de utilizarem meios e recursos de inteligência policial. A prisão deste indivíduo é de extrema importância, devido ao risco que ele exercia em relação aos filhos da vítima do Feminicídio que ocorreu no dia 21 de dezembro de 2018, no localidade de Capão Grande, em Glorinha.
J.C.M., após discussão com a vitima, sua então esposa, desferiu de 4 a 5 facadas. Uma delas foi desferida no pescoço, porém a vítima buscou se defender do golpe com a mão, momento em que teve parte dela decepada.  J.C.M. fugiu do local do delito, estando até ontem em local incerto. Tão logo a Polícia Civil foi comunicada do evento, iniciou os procedimentos legais, realizando as diligências necessárias para materialização do crime e identificação de seu autor, tudo dentro do competente Inquérito Policial. Representada sua prisão preventiva, houve o deferimento da medida em 01 de fevereiro. De posse da medida cautelar, os agentes de investigação da delegacia de Glorinha intensificaram a diligências, trocando informações com colegas da PC de Santo Antonio, inclusive com a Brigada Militar de lá. Foram 20 dias de buscas, com diversas horas de campanas nos possíveis locais em que o foragido poderia se encontrar, para que se obtivesse êxito em efetuar sua prisão. Durante as diligencias, descobriu-se que o foragido estava mantendo contato telefônico com uma das filhas, para saber como estavam. No dia de ontem, obteve-se informação de que J.C.M. poderia aparecer no hospital de Santo Antonio da Patrulha. Com apoio de policiais locais, foi planejada uma operação conjunta que resultou na prisão do indivíduo e encaminhamento à DPPA em Gravataí onde foi indiciado e recolhido ao sistema prisional.

 

Texto e foto: Polícia Civil



Profissional atuando há 50 anos no jornalismo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *