33ª Moenda da Canção e 9ª Moenda Instrumental ocorrem de sexta-feira a domingo | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

33ª Moenda da Canção e 9ª Moenda Instrumental ocorrem de sexta-feira a domingo

33ª Moenda da Canção e 9ª Moenda Instrumental ocorrem de sexta-feira a domingo

Um dos maiores festivais de música do Rio Grande do Sul, a Moenda da Canção realiza sua 33ª edição entre amanhã e domingo, juntamente com a 9ª Moenda Instrumental. O evento tem entrada gratuita e ocorre no Ginásio Municipal Caetano Tedesco.
Em 2019, o festival recebeu 644 inscrições, das quais 542 foram músicas com letra e 102 foram instrumentais. Na triagem, que ocorreu nos dias 28 e 29 de junho, foram selecionadas as 20 que disputarão os troféus Cantador (Moenda da Canção) e Geraldo Flach (Moenda Instrumental).
A ordem de apresentação das músicas já foi definida: serão apresentadas 10 na sexta e 10 no sábado, começando com as instrumentais. No domingo, voltam ao palco as finalistas, escolhidas pelo júri formado por André Salazar, Evair Suarez Gomez, Jean Kirchoff, Juliana Spanevello e Willian Varela.
A programação também contempla shows nos três dias de festival. Amanhã (16), o público poderá conferir o espetáculo “A Vida da Gente é Assim”, de Analise Severo e Jean Kirchoff, além de um pocket show de Luiza Barbosa, finalista do programa “The Voice Kids”, da TV Globo. Já no sábado (17), o evento contará com uma apresentação de flamenco do grupo Alegria de Mi Alma, com alunas da escola Cadica Danças e Ritmos. O encerramento da noite ficará por conta de Kako Xavier e a Tamborada com o show “25 anos”, em comemoração aos 25 anos de carreira do músico, iniciados justamente na Moenda. E antes de revelar as vencedoras da 33ª Moenda da Canção e 9ª Moenda Instrumental, o domingo terá Joca Martins com a “Bailanta do Joca”.
A 33ª Moenda da Canção e a 9ª Moenda Instrumental, realizadas pela Moenda – Associação de Cultura e Arte Nativa, têm patrocínio de Bottero Calçados, DeMello Incorporações, DaColônia Alimentos Naturais, QualiCôco, Redemac e CORSAN. O evento conta com apoio da Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Patrulha e financiamento Pró-Cultura RS – Lei de Incentivo à Cultura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul – Secretaria de Cultura.

• Mulheres são maioria entre intérpretes

Em 33 anos de história, a Moenda da Canção nunca teve tantas mulheres defendendo músicas em seu palco. Neste ano, nove das 16 composições com letra serão interpretadas por elas. O festival, que também proporciona o encontro de músicos e musicistas de todos os cantos de nosso estado e do Brasil, dessa vez reunirá gaúchas da nova geração, como Adrieli Sperandir e Pyetra Hermes, com outras que já têm sua voz marcada nos festivais há muitos anos, entre as quais Loma Pereira e Maria Helena Anversa.
Nessas três décadas, mesmo sendo minoria no palco, as mulheres sempre se destacaram na Moenda da Canção. Prova disso é que elas foram premiadas em 14 edições do festival, acumulando prêmios de 1º, 2º e 3º lugares, e sendo eleitas as melhores intérpretes em 11 destes 14 anos. Em 2018, por exemplo, um dos destaques do festival foi a cantora e compositora Paola Kirst, que ganhou o Troféu Penduca, de melhor intérprete, garantindo também o 3º lugar com “Abandonada”. A música campeã, “Transbordar”, também foi interpretada por uma mulher, a catarinense Giana Cervi.

• Ordem das músicas
concorrentes:

Sexta-feira – 16/08/2019
Instrumental:
1) “Elo” – Candombe em 6 – Matheus Alves e Cristian Sperandir (Porto Alegre e Osório/RS);
2) “Batata Quente” – Choro – Elias Barboza (Porto Alegre/RS);
Canção:
3) “Artista” – Canção – Caio Martinez, Adriano Sperandir e Cristian Sperandir (Porto Alegre e Osório/RS) – Intérprete: Adriana Sperandir;
4) “Leva Jeito, Brasileiro!” – Samba – Liane Port e José Moacyr Vidal (São Leopoldo e Porto Alegre/RS) – Intérprete: Loma Pereira;
5) “Rememorações” – Valsa – Diogo Barcelos e Sérgio Rojas (Santo Antônio da Patrulha e Porto Alegre/RS) – Intérprete: Pyetra Hermes;
6) “Deli Cadê Zazá?” – Marchinha – Erick Corrêa Castro, Adriano Zuli, Pedro Ribas e Raphael Madruga (Santa Maria e Canoas/RS) – Intérpretes: Raphael Madruga, Alexandre Cardoso, Erick Corrêa Castro e Gustavo Borges Kraemer;
7) “Sonho” – Samba – Caio Martinez e Adriano Sperandir (Porto Alegre e Osório/RS) – Intérprete: Adrieli Sperandir;
8) “Em Tudo Leio Teu Nome” – Canção – Diogo Barcelos e Jaime Vaz Brasil (Santo Antônio da Patrulha e Porto Alegre/RS) – Intérprete: Márcia Freitas;
9) “Aluado” – Milonga – Cezar Gomes e Ângelo Franco (Cruz Alta e Porto Alegre/RS) – Intérprete: Ângelo Franco;
10) “Menino Brasil” – Canção – Guilherme Suman, Thiago Suman e Adriano Sperandir (Porto Alegre e Osório/RS) – Intérpretes: Adriana Sperandir e Adrieli Sperandir.

Sábado – 17/08/2019
Instrumental:
1) “Forasteira” – Milonga – Zoca Jungs (Lajeado/RS);
2) “Um Novo Dia” – Polca – Marcelinho Carvalho (Cruz Alta/RS).
Canção:
3) “Do Louco Poeta Só” – Milonga – Anderson Mireski e Tuny Brum (Porto Alegre e Santa Maria/RS) – Intérprete: Tuny Brum;
4) “A Paixão Não é Simplesmente Maré” – Bossa – Ramires Monteiro (Santa Maria/RS) – Intérprete: Lú Schiavo;
5) “Luz & Escuridão” – Canção – Rômulo Chaves e Nilton Júnior (Palmeira das Missões e Santo Antônio da Patrulha/RS) – Intérpretes: Maria Helena Anversa e Zé Alexandre;
6) “Engraxando os Touchscreen” – Milonga – Fernando Saldanha e Érlon Péricles (Uruguaiana e Porto Alegre/RS) – Intérprete: Érlon Péricles;
7) “Cariri” – Sertanejo – Igor Silveira e Marcelinho Carvalho (São Gabriel e Cruz Alta/RS) – Intérpretes: Arison e Emerson Martins;
8) “Mil Vidas Para Amar” – Canção – Cristian Camargo (Pelotas/RS) – Intérprete: Juliano Barreto;
9) “Feitiço de Cabocla” – Xote – Gilberto Lamaison e Guilherme Ferreira Goulart (Passo Fundo e Porto Alegre/RS) – Intérprete: Alana Moraes;
10) “Pela Fé Que Tem Teu Canto” – Milonga – Mozer Ávila e Deivid Damaceno (Pelotas/RS) – Intérpretes: Marcelo Oliveira e Marco Antônio “Xirú” Antunes;
Domingo – 18/08/2019
• Apresentação das duas músicas finalistas da 9ª Moenda Instrumental;
• Apresentação das 10 músicas finalistas da 33ª Moenda da Canção.

33ª Moenda da Canção e 9ª Moenda Instrumental
Datas:
Sexta-feira (16) – às 20h;
Sábado (17) – às 20h;
Domingo (18) – às 19h30min;
Local: Ginásio Municipal Caetano Tedesco;
Entrada franca para arquibancada e cadeiras.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *