Plano Funcional da ERS-030 | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Plano Funcional da ERS-030

Plano Funcional da ERS-030

Plano funcional 2 Plano funcional 3

 

DAER autoriza intervenção na via

 

O Engenheiro Civil, Fernando Medeiros, responsável pela Superintendência de Faixa de Domínio do DAER – Departamento Autônomo de Estradas de Rodagens, deu andamento às tratativas para a implantação do Plano Funcional da ERS-030, tendo informado que o DAER aprovou a proposta de intervenções na ERS-030 apresentadas pelo Município. Sua decisão foi anunciada em reunião no gabinete do prefeito municipal.
De acordo com o secretário Geral de Governo, Planejamento e Gestão, Ferulio José Tedesco, Ferulinho, o plano de trabalho é resultado de inúmeras reuniões que vêm acontecendo desde fevereiro de 2017, com sua equipe e o DAER e, posteriormente, com a participação efetiva do Ministério Público.
Ferulinho lembra que o plano já foi apresentado para empresários locais em um Café da Manhã da ACISAP (Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Santo Antônio da Patrulha) e que a instituição também se manifestou parceira do projeto, bem como os associados presentes na ocasião.
“Este projeto é um grande sonho. O Município terá que captar recursos para isso, assim como vem fazendo para outras obras de grande vulto, como é o caso do asfaltamento das 15 ruas e da Rota da Rapadura. Eu não posso deixar de agradecer ao Ministério Público, que tem sido nosso parceiro e também a Câmara de Vereadores, por apoiar nossas iniciativas”, conclui o prefeito Daiçon.

COMO SERÁ O PROJETO

A Arquiteta da Secretaria da Gestão e Planejamento Natália Costa fala sobre o projeto que vai contribuir para mudar a fisionomia urbana da cidade.

FOLHA PATRULHENSE: Como será o Projeto?
NATÁLIA COSTA: O projeto executivo será contratado pelo município, e será desenvolvido por completo, desde a DaColônia até o encontro com a Rua Octavilina Amoretti Bier (Veloso-Portão I).
Todos os estudos pertinentes farão parte do pacote, como por exemplo: levantamento planialtimétrico, estudo hidrológico, volume de trânsito, etc. Serão desenvolvidos todos os projetos necessários à execução da obra, tais como, geométrico, de pavimentação, drenagem, sinalização, etc, do trajeto completo. Na fase de orçamento, dividiremos a extensão da obra em algumas partes, possibilitando a execução por trechos, facilitando a busca de recursos.

FOLHA: Como farão motoristas que quiseram entrar na ERS-030, ou então acessar a Cidade Alta?
NATÁLIA: Todas as conversões à esquerda poderão ocorrer apenas nos pontos de retorno, nas rótulas estendidas (chamadas de cotonetes).

FOLHA: A ciclovia, será semelhante a de Taquara?
NATÁLIA: Será parecida com a de Taquara, porém, nos canteiros serão plantados arbustos que impeçam sua transposição por ciclistas e pedestres. A travessia dos pedestres e ciclistas, e o acesso destes últimos à ciclovia serão feitos apenas nos pontos onde houver faixa de segurança.

FOLHA: De onde virão os recursos para o projeto?
NATÁLIA: O Município deverá iniciar a busca por recursos, inclusive para o projeto. Não há nada definido ainda, mas poderão ser oriundos de financiamento, emendas parlamentares, ou até mesmo como contribuição de melhoria.

FOLHA: O que esse projeto irá representar para a população?
NATÁLIA: Acreditamos que a concretização desta obra será de enorme valor socioeconômico para os munícipes, principalmente para o comércio marginal da Rodovia. Mesmo diminuindo o número de estacionamentos, a organização do espaço identificará claramente onde os pedestres poderão transitar com segurança. E são os pedestres que realmente consomem os produtos e serviços ofertados, não os veículos.
Temos convicção de que, devemos valorizar a circulação de pedestres, com calçadas niveladas, com materiais adequados, entre outros. Assim, as pessoas poderão deixar de utilizar o veículo para seus deslocamentos cotidianos, ou estacionar em outros pontos do centro, e passear pela frente de mais lojas até chegar ao seu destino. O município estará disponível para ajudar a ordenar os estacionamentos privativos também, em conjunto com os proprietários.

FOLHA: Quando começará a execução da obra?
NATÁLIA: O DAER aprovou o Plano Funcional, e agora estão montando a minuta do convênio. Assim que conveniados, DAER e município, poderemos iniciar a captação de recursos, inicialmente para o projeto.
Hoje, não temos como prever o início da obra, pois não temos o projeto executivo que permite definir um cronograma. Desta forma, também não podemos prever seu final. Porém, faremos o maior esforço para concretizar este sonho da forma mais rápida possível. Contamos com o apoio e a cobrança do Ministério Público neste processo, o que acarreta no comprometimento dos gestores, presentes e futuros, e da população em geral com o desempenho desta tarefa.

FOLHA: As inserções para quem quiser entrar, ou na ERS-030 proveniente de outras ruas, ou então, sair da ERS-030 para entrar em ruas secundárias, como os motoristas deverão proceder?
NATÁLIA: Todas as vias perpendiculares a ERS-030 poderão acessar a via lateral/secundária, conversão à esquerda apenas nos pontos de retorno. Estando na via lateral haverão alguns pontos onde será possível a troca de fluxo entre a rodovia e a via lateral.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *