Centro Clube chega aos 62 anos | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Centro Clube chega aos 62 anos

Centro Clube chega aos 62 anos

O último dia 18, domingo da Moenda e Fenacan, marcou a passagem do aniversário de fundação de um dos mais tradicionais clubes sociais de Santo Antônio: o Centro Clube comemorou seus 62 anos.
Neste texto publicado pela diretoria daquela entidade, ficou resgatada um pouco da sua história:
O crescimento do Bairro Pitangueiras fez nascer, na década de 1950, uma nova cidade, e muitas organizações fizeram-se necessárias. Dessa forma, em 1957, cidadãos atuantes na sociedade patrulhense, trabalharam para a fundação de um clube e a construção de sua sede social. Assim, o “Clube Comercial”, fundado em 18 de agosto de 1957, inaugurou sua sede em outubro do mesmo ano. O local escolhido foi o prédio em que funcionavam as Confecções Sônia Ltda (onde hoje está localizado o Banco do Brasil) o qual recebeu especial adaptação com a instalação de copa, cozinha, chapelaria e restaurante, além da aquisição de mobiliário, destacando a compra de uma eletrola. Os bailes, aos sábados, e as reuniões dançantes, aos domingos, eram as maiores atividades sociais do Clube Comercial. Anúncios de jornais registraram: Noitadas Juninas com apresentação de casamento caipira e dos gaiteiros “Irmãos Bertussi”: bailes sociais, com os musicais “Stambul”, “Night And Day” e “Bruno e Brenner com sua orquestra”; bailes de aniversário, com escolha e coroação da rainha do clube e também, bailes de carnaval. Ao completar um ano de suas atividades na sede social, o Clube Comercial realizou um baile festivo de aniversário, com escolha da nova diretoria e, também, escolha da Rainha do Clube. Para representar a entidade, na beleza feminina, foi escolhida Rainha a Senhorita Maria Myrna Rocha. O Baile de Coroação da Rainha Myrna contou com a presença da Senhorita Maria Loide da Rocha – Rainha do Grêmio Esportivo Liberdade, de Vila Palmeira, a qual entregou a Coroa à Rainha do Clube Comercial. Passado esse período inicial, o clube comercial funcionou na primeira sede até 1962, pois em 01 de outubro de 1961, o Clube Comercial transformou-se no Centro Clube e uniu-se ao CTG – Centro de Tradições Gaúchas Coronel Chico Borges (fundado em 20 de maio de 1958). Com a fusão, uma nova sede social foi construída para atender as duas organizações (Clube e CTG).
Hoje, ele continua atuante dentro da comunidade, sediando diversos eventos anuais e, com dedicação de sua diretoria e colaboradores, continua sendo, cada vez mais, uma grande referência no contexto da sociedade patrulhense e regional.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *