Polícia alerta sobre relatos falsos de sequestro de crianças na internet | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Polícia alerta sobre relatos falsos de sequestro de crianças na internet

Polícia alerta sobre relatos falsos de  sequestro de crianças na internet

Foto: Eduardo Paganella/Twitter/Reprodução


 

Em nota divulgada a pouco, a Polícia Civil alerta a população sobre a disseminação de informações falsas nas redes sociais de casos de sequestro de crianças. “Exceto no caso da menina Eduarda, não há outro registro de situações de sequestro e cárcere privado de crianças”, informa. Até o momento, não há suspeitos do sequestro da menina presos em quaisquer dos órgãos da instituição.

Na tarde desta terça-feira, dezenas de pessoas se aglomeraram em frente à 18ª DP, no bairro Mario Quintana, em Porto Alegre, após a disseminação de informações falsas de que um homem envolvido com roubo de crianças estaria detido no local. Vidros do prédio foram quebrados. A polícia chegou a permitir a entrada de um grupo de pessoas na delegacia para mostrar que ninguém estava detido no local. Ainda assim, até às 18h, moradores da região permaneciam revoltadas na frente da delegacia, solicitando que os policiais levassem para a rua o suspeito de roubar crianças.

Após a divulgação do retrato falado do suspeito de ter sequestrado Eduarda, na tarde de segunda, mais de 20 denúncias já foram recebidas, de acordo com a polícia. Entretanto, a Civil alerta que qualquer informação deve ser repassada “exclusivamente à Polícia Civil e não divulgadas nas mídias sociais”. Qualquer denúncia deve ser feita pelos telefones 08006426400 ou (51) 984187814 – WhatsApp.

A pequena Eduarda, de 9 anos, foi sequestrada na noite de domingo, no bairro Rubem Berta, em Porto Alegre. O corpo dela foi encontrado no amanhecer de segunda-feira, às margens da ERS-118, na divisa entre Alvorada e Gravataí.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *