Cirurgias eletivas | Gravataí é a quinta cidade do RS com maior número de crianças e adolescentes na fila de espera do SUS | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Cirurgias eletivas | Gravataí é a quinta cidade do RS com maior número de crianças e adolescentes na fila de espera do SUS

Cirurgias eletivas | Gravataí é a quinta cidade do RS com maior número de crianças e adolescentes na fila de espera do SUS

Lista leva em consideração pacientes entre zero e 19 anos. | Foto: Agência Brasil

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) divulgou recentemente números que apontam Gravataí como a quinta cidade no Estado que mais possui crianças e adolescentes na fila de espera do Sistema Único de Saúde (SUS) por uma cirurgia eletiva – aquelas que não são de urgência ou emergência.

Os dados, fornecidos pela Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul, mostram que Gravataí tem 89 crianças e adolescentes esperando por uma cirurgia desse tipo. A cidade só fica atrás de Porto Alegre (93), Passo Fundo (106), Farroupilha (179) e Caxias do Sul (269). A lista leva em consideração pacientes entre zero e 19 anos.

O Rio Grande do Sul é o segundo estado com o maior número de pacientes na fila de espera de cirurgias eletivas. De acordo com o levantamento, a fila chega a 2128 procedimentos em 217 municípios. O maior número de crianças aguardando por cirurgia no Estado está na faixa etária entre cinco e nove anos, com 706 pacientes na fila. A maioria dos casos são para cirurgias das vias aéreas superiores, da face, da cabeça e do pescoço, com 1232 pacientes aguardando.

Em todo o Brasil, a fila de espera conta com aproximadamente 70 mil crianças e adolescentes. Os dados, que foram divulgados por apenas cinco secretarias de saúde de todo o Brasil, contabilizam pedidos de cirurgias encaminhados até junho de 2017.

Para a Sociedade Brasileira de Pediatria, os números são preocupantes. “Estamos falando de uma população que deveria ser tratada como prioridade pelo governo. Ao relegar essas crianças e adolescentes em filas longas, os gestores estão expondo-os a doenças e comprometendo sua qualidade de vida. É desumano com eles e com suas famílias e é uma irresponsabilidade para com o País”, afirma a presidente da SBP, Luciana Rodrigues Silva. Além disso, a presidente afirma que “os números certamente estão subestimados, visto que a maior parte dos Estados não respondeu ou não possui os dados organizados”, disse.

Na fila única do RS, Gravataí lidera

Um levantamento inédito do Conselho Federal de Medicina (CFM) mostrou que, no Rio Grande do Sul, Gravataí é a cidade que mais possui pacientes na fila de espera por cirurgias eletivas – desta vez, sem restrição de idade. São 7376 pessoas aguardando por esses procedimentos. O município está isolado na liderança deste ranking negativo, ficando a frente de cidades como Porto Alegre (1910), Pelotas (1777), Canoas (1664) e Farroupilha (1035).

No Estado, pelo menos 39.158 pacientes aguardam por uma cirurgia eletiva. Em todo o país, foram identificadas cerca de 904 mil cirurgias em espera. O CFM recebeu dados de 16 Estados e 10 capitais. Segundo o órgão, as cirurgias de catarata, hérnia, vesícula e varizes estão entre as mais demandadas pela população que depende da rede pública.

“Pela primeira vez o Conselho Federal de Medicina se aproxima do tamanho real da fila por cirurgias no SUS. Ainda que parciais, os números impressionam, já que os estados que prestaram informações representam metade de todo o volume de cirurgias efetivamente realizadas na rede pública em 2016″, explica o presidente da autarquia, Carlos Vital.

Conforme Vital, só no ano passado mais de 1,6 milhão de cirurgias eletivas foram realizadas no SUS. Segundo ele, vários são os argumentos para tentar justificar o volume de pacientes à espera de uma cirurgia. “Todos eles têm a mesma origem: recursos finitos para administrar uma demanda que é infinita”, disse.

Procurada diversas vezes, a Secretaria Municipal de Saúde de Gravataí não se manifestou.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *