Educação | Duas escolas da região receberão recursos do governo do Estado | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Educação | Duas escolas da região receberão recursos do governo do Estado

Educação | Duas escolas da região receberão recursos do governo do Estado

Bloco da escola Heitor Villa Lobos, em Gravataí, possui infiltração e será recuperado. | Foto: Divulgação

Heitor Villa Lobos, em Gravataí, e Mascarenhas de Moraes, em Cachoeirinha, serão as instituições de ensino beneficiadas. Juntas, as duas escolas receberão mais de R$ 30 mil para reparos em suas estruturas.

Nesta segunda-feira, em cerimônia realizada no Palácio Piratini, o vice-governador do RS, José Paulo Cairoli, assinou a ordem de início das obras de recuperação de 80 escolas da rede estadual de ensino. De acordo com a 28ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), responsável pelas escolas estaduais da região, os colégios Heitor Villa Lobos, em Gravataí, e Mascarenhas de Moraes, em Cachoeirinha, estão entre os beneficiados.

“No Heitor, será feita a recuperação da cobertura de um bloco da escola que tinha infiltração. Também serão feitos reparos na parte elétrica”, informou a coordenadora adjunta da 28ª CRE, Sônia Becker. Segundo ela, o valor total investido pelo governo do Estado na escola Heitor Vila Lobos será de R$ 21 mil. A vice-diretora do colégio, Nicileia Duarte, comemorou o anúncio do Piratini. “Percebemos o problema e elaboramos um oficio ao governo, que foi enviado no primeiro trimestre do ano passado. Fomos a única escola de Gravataí a conseguir esse benefício”, finalizou.

Já em Cachoeirinha, o investimento total na escola Mascarenhas de Moraes será de 9,7 mil. “Em março do ano passado, um incêndio atingiu três salas de aula. Os recursos serão destinados à recuperação desses locais”, informou a coordenadora adjunta da 28ª.

Obras prontas em março

Conforme o secretário estadual de Educação, Ronald Krummenauer, a maioria das obras deve ficar pronta até março. “Conseguimos agilizar o processo. Algumas obras já começaram, e temos a expectativa de que a maioria estará pronta no início do ano letivo, entre o fim de fevereiro e o começo de março. As que não estiverem prontas certamente estarão bem adiantadas, para que os alunos tenham o menor prejuízo possível”, informou. Segundo o secretário, mais de 33 mil estudantes serão beneficiados diretamente.

Investimento total é de 11,6 mi

De acordo com o Palácio Piratini, 80 escolas estaduais de 57 municípios receberão R$ 11.678.992,00. Os recursos são divididos entre o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), que disponibilizará R$ 6.693.064,00, e o governo do RS, que repassará outros R$ 4.985.928,00. Ainda de acordo com o Piratini, a maioria das obras é de caráter emergencial, para consertar os estragos causados pelos temporais do segundo semestre de 2017. Além de Gravataí e Cachoeirinha, outras 55 cidades serão beneficiadas com os recursos.

“Nessa caminhada de mudanças, nosso esforço é preservar o que é essencial. E a educação é essencial. Nosso esforço é para cumprir o nosso dever constitucional, destinando dinheiro do caixa único para a educação. Estamos dando qualidade para nossos estudantes e pensando nas próximas gerações”, disse o vice-governador.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *