Aldeia se prepara para o Enart | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Aldeia se prepara para o Enart

Aldeia se prepara para o Enart

Neste final de semana, alguns integrantes do CTG se apresentam em Doha, no Catar | Foto: Facebook/ Reprodução

O Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Aldeia dos Anjos se prepara para a disputa da fase final da 32ª edição do Encontro de Arte e Tradição (Enart), que será realizado nos dias 17, 18 e 19 de novembro, no Parque da Oktoberfest, em Santa Cruz do Sul. Em entrevista, o patrão do Aldeia dos Anjos, Joelson Silva, comentou que a preparação do CTG para o evento começou cedo. “O Enart é um dos eventos mais importantes para nós. Nosso grupo está se preparando desde março. Para se ter uma ideia, na última terça-feira, nossa equipe ensaiou das 22h até as 3h da quarta-feira”, disse.

A equipe de dança do CTG está divida em dois grupos. “Alguns integrantes foram para o Catar, para participar de um festival, e os demais componentes seguem trabalhando aqui, em Gravataí, para a disputa do Enart”, explicou Joelson.

Maior vencedor da competição, com 11 títulos, o CTG Aldeia dos Anjos ficou em segundo lugar no ano passado, sendo superado pelo CTG Tiarayú, de Porto Alegre. Nesse ano, o Aldeia pretende recuperar a hegemonia. “Queremos estar entre os melhores sempre. Sabemos que existem outros grupos importantes, mas estamos nos dedicando para conquistar o título”, enfatizou o patrão do Aldeia.

O Enart

O Encontro de Arte e Tradição é o principal evento gaúcho de dança tradicionalista. O certame foi considerado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) como o maior festival de arte amadora da América Latina.

O evento é promovido pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) e reúne centenas de competidores de todo o Estado e milhares de espectadores.

Aldeia no Catar

Neste fim de semana, o CTG irá representar o Brasil no Cultural Diversity Festival, em Doha, no Catar. Na oportunidade, 12 integrantes do Aldeia levarão ao palco um espetáculo de 40 minutos, composto de danças folclóricas e criações coreográficas com temas do Sul do Brasil.

De acordo com a Federação Brasileira de Artes Populares, companhias de dança folclórica de 21 diferentes nações atuarão ao longo de 36 dias no Anfiteatro da Katara Cultural Village – considerado o maior complexo cultural de todo o Oriente Médio. O Cultural Diversity Festival é uma realização da Katara Cultural Village Foundation, em cooperação com a Unesco. O festival iniciou no último dia 4 de Outubro.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *