Cavalgada da Chama Crioula e apresentações de invernadas no encerramento da Semana Farroupilha | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Cavalgada da Chama Crioula e apresentações de invernadas no encerramento da Semana Farroupilha

Cavalgada da Chama Crioula e apresentações de invernadas no encerramento da Semana Farroupilha

Na última sexta-feira, 20 de setembro, cavalgada e apresentação de invernadas de Centros Tradicionalistas da cidade encerraram os Festejos Farroupilha no município. O evento foi uma realização da Prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria Municipal da Cultura, Esporte e Lazer (Smcel), em parceria com a 1ª Região Tradicionalista, Sub-Coordenadoria do Vale do Gravataí e as Entidades Tradicionalistas do Município (CTG’s).
Os cavalarianos saíram do CTG Aldeia dos Anjos conduzindo a “Chama Crioula” até o Parcão da 79. O prefeito Marco Alba recebeu a centelha do comandante da “Busca da Chama”. Logo em seguida, o prefeito acendeu o candeeiro do palanque oficial onde estavam as autoridades presentes. É importante destacar que a “Chana Crioula”, um dos símbolos da Semana Farroupilha, tem origem na retirada de uma centelha do Fogo Simbólico da Semana da Pátria, no dia 7 de setembro de 1947. Um grupo de estudantes, liderados pelo homenageado da Semana Farroupilha de 2019, Paixão Cortes, deram início ao movimento. “Sejam todos bem-vindos a esta festa que é dos gaúchos, daqueles que honram os ideais defendidos pelos heróis farrapos e que marcam a identidade desta terra. A tradição gaúcha é reverenciada pelo Brasil e o mundo pela sua capacidade de união. Um povo que nas horas mais difíceis consegue promover a união em busca de melhores resultados”, disse o prefeito Marco Alba.
Elmar Lopes, patrono dos Festejos Farroupilha de 2019, recebeu uma placa em sua homenagem entregue pelo prefeito de Gravataí. “Quando Paixão Cortes fundou este movimento, ele tinha consciência do seu propósito de fazer o povo gaúcho conhecer as suas origens. Por isso, agradeço profundamente ter sido escolhido patrono deste ano”, discursou.
A tarde ainda contou com apresentações de danças típicas realizadas pelas invernadas dos CTG’s Laço da Amizade, Aldeia dos Anjos, Carreteiros da Saudade, Amanhecer do Rincão e Rincão da Amizade. “Cabe a nós, todos os dias, manter viva dentro das entidades nossa tradição e o respeito a nossa história”, completou a secretária Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (Smcel) Fernanda Fraga.

O Patrono
Elmar dos Santos Lopes é nascido em 14 de maio de 1952, no município de Cachoeira do Sul. Filho de Artilndo Lopes e Eva dos Santos Lopes, passou a infância no interior da cidade, ajudando os pais na lida campeira e na agricultura familiar. Aos 18 anos, servi a Pátria no Pelotão de Operações Especiais do Exercito, na própria cidade. Em 1972, veio para a capital Porto Alegre, em 1975 casou com a Fátima Teresinha Lopes. Sentindo falta da tradição, foi fazer parte do quadro de sócios do CTG Carreteiros da Saudade, assim ingressando no tradicionalismo. Já foi capataz, patrão e coordenador de departamento cultural. É vocalista nas tertúlias e participante dos jogos tradicionalistas.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *