Transporte | Metroplan diz que aumento nas passagens da região Metropolitana entrará em vigor no domingo | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Transporte | Metroplan diz que aumento nas passagens da região Metropolitana entrará em vigor no domingo

Transporte | Metroplan diz que aumento nas passagens da região Metropolitana entrará em vigor no domingo

Segundo o órgão, passagem da linha comum de Gravataí até Porto Alegre custará R$ 7,65. Sogil diz que não foi notificada. | Foto: Jacson Dantas

A Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan) confirmou nesta quarta-feira que o aumento de 8,94% para o transporte rodoviário intermunicipal de passageiros da região Metropolitana de Porto Alegre entrará em vigor a partir do próximo domingo (17). Com isso, para se deslocar de Gravataí a Porto Alegre com uma linha comum, o passageiro terá de pagar R$ 7,65. Já a passagem da linha comum do trajeto compreendido entre Glorinha e Porto Alegre custará R$ 11,15.

Procurada, a Sogil disse que ainda não foi notificada pelo poder concedente sobre a data de início das novas tarifas e nem sobre os valores corretos, com os possíveis arredondamentos no valor. “Assim que tivermos essa informação, vamos divulgar oficialmente para a imprensa e em todos os nossos canais de atendimento”, diz a empresa.

Ainda de acordo com a Metroplan, em Cachoeirinha a passagem da linha comum até Porto Alegre custará R$ 5,60. Entretanto, a estatal informa que esses valores não incluem seguro, que é opcional, e nem a Taxa de Manutenção de Rodovias, com extensões a partir de 65 quilômetros.

Na última terça-feira, a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS (Agergs) aprovou o reajuste. A medida foi aceita por unanimidade pelo Conselho Superior da Agergs. “No que se refere ao cálculo do reajuste, foram apresentados dois cenários: IPCA e composição de cestas de índices. As Concessionárias e Poder Concedente entendem que a Cesta de Índices representa de forma mais adequada as variações inflacionárias, por conter na sua estrutura parâmetros específicos e proporcionais da operação, tais como: pessoal, combustível, frota e demais itens de custo”, diz parte do documento.

Confira, abaixo, a tabela elaborada pela Metroplan com os novos valores para a região Metropolitana:

tabela.jpg




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *