Temporal deixa cerca de 300 casas destelhadas em Gravataí | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Temporal deixa cerca de 300 casas destelhadas em Gravataí

Temporal deixa cerca de 300 casas destelhadas em Gravataí

Segundo a Defesa Civil, os locais mais atingidos foram o bairro Sagrada Família e o Loteamento Princesa, localizado na Parada 102 da ERS-030. | Foto: Defesa Civil

A tempestade que atingiu Gravataí no final da tarde desta quarta-feira deixou, pelo menos, 300 casas destelhadas total ou parcialmente no município. Segundo a Defesa Civil, os locais mais atingidos foram o bairro Sagrada Família e o Loteamento Princesa, localizado na Parada 102 da ERS-030. Ainda de acordo com o órgão, a forte chuva veio acompanhada de ventos de aproximadamente 100 km/h e granizo. Não houve registro de pessoas desalojadas ou feridas.

“Logo após a tempestade, conseguimos ajudar moradores de 50 residências do Loteamento Princesa, colocando cerca de 200 metros de lonas nesses locais”, disse o coordenador da Defesa Civil de Gravataí, Paulo Roberto Almeida. Nesta quinta-feira, o órgão projeta que outros 200 metros de lona sejam doados aos moradores do bairro Sagrada Família que tiveram suas casas destelhadas.

Falta de luz

Através do Facebook, muitos moradores de Gravataí relataram falta de luz em suas residências. “Moro há quase cinco anos na Parada 98 e nunca tinha visto um vento assim! Tem muita árvore caída, casas destelhadas e estamos sem luz”, disse Dainha de Oliveira.

Através de nota, a empresa Rio Grande Energia (RGE) afirmou que “a região do bairro Sagrada Família foi a mais castigada no município, em razão do temporal que atingiu o Estado nesta quarta-feira, quando postes da rede de distribuição tombaram em razão dos fortes ventos” e que “todas as ocorrências registradas no local estão em atendimento pelas equipes de campo da concessionária”. Além disso, a RGE informou que foram deslocadas equipes de Caxias do Sul, Canela e Taquara para auxiliar nos trabalhos, que devem se estender até a noite desta quinta-feira. Ainda de acordo com a companhia, a previsão para o retorno da luz nos locais atingidos é para as 3h19 desta sexta-feira.

Apesar da chuva, nível do Gravataí preocupa

Até a última terça-feira, o nível do Rio Gravataí estava em 1,96 metros. Segundo a Defesa Civil, a média do Rio é de 2,6 metros. “Os 22 milímetros de chuva registrados na cidade nesta quarta-feira ainda são pouco para aumentar o nível do Gravataí. É importante que todos fiquem em alerta para a questão da estiagem”, disse o coordenador do órgão.

Em Cachoeirinha, sem estragos

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Cachoeirinha, Diego Rebelatto, não houve registro de pessoas atingidas na cidade devido ao temporal. “A chuva foi mais intensa em alguns pontos isolados de Cachoeirinha, mas não houve vendaval ou queda de granizo. Não tivemos registro de pessoas feridas ou desabrigadas”, informou. “Aqui em Cachoeirinha, só chuva calma”, escreveu a moradora Regina Duarte no Facebook.

No Estado, uma morte registrada

Em Porto Lucena, na região Noroeste do RS, um agricultor morreu atingido por um raio quando se deslocava de bicicleta até a sua residência. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Santa Rosa e a Polícia Civil trabalha no caso.

Já na cidade de Sananduva, na região Norte, A Defesa Civil do Estado informou que choveu cerca de 130 milímetros em duas horas, o que causou danos materiais em estabelecimentos comerciais e em residências. Ainda de acordo com o órgão, também foram registrados estragos em ruas, avenidas, creches e escolas, entre outros locais.

Como pedir ajuda

A Defesa Civil de Gravataí atende pelo número (51) 98517.2409. Em Cachoeirinha, o número para solicitar ajuda ao órgão é o 153.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *