Reparos na Freeway estão em fase de conclusão, diz nova concessionária | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Reparos na Freeway estão em fase de conclusão, diz nova concessionária

Reparos na Freeway estão em fase de conclusão, diz nova concessionária

Funcionários da CCR ViaSul estão trabalhando na manutenção da rodovia, que terá a volta da cobrança de pedágio no próximo dia 15. | Fotos: Rodrigo Cassol

Faltando menos de duas semanas para a concessionária CCR ViaSul assumir oficialmente a Rodovia de Integração Sul (RIS), que engloba as BRs 101, 290, 386 e 448, funcionários da empresa seguem trabalhando na Freeway, no trecho de Gravataí. Na tarde desta quinta-feira, trabalhadores faziam manutenção na pista no trecho próximo ao quilômetro 77, além de limpeza nas cabines de cobrança da praça de pedágio e nos caminhões guincho. De acordo com a empresa, os trabalhos de recuperação e adequação das bases operacionais e das praças de pedágio localizadas na rodovia estão em fase de conclusão, e devem ser realizados até a véspera do início da cobrança de pedágio.

“A concessionária segue mobilizada com as equipes que estão atuando na preparação das estruturas e treinamento de colaboradores para a operação na Freeway, ponte do Guaíba e Túnel da BR 101”, disse a empresa através de sua assessoria de imprensa. Até o momento, a CCR conta com 15 veículos operacionais, que serão utilizados nos atendimentos ao usuário, como veículos de inspeção, guinchos leves e pesados, ambulâncias de resgate e UTI, além de um caminhão pipa. Sobre isso, a companhia informou que “os treinamentos práticos com os colaboradores que atuarão no atendimento e operação estão sendo realizados”.

WhatsApp Image 2019-01-31 at 19.13.57

Funcionários trabalham na manutenção da rodovia.

Para o diretor-executivo da CCR, Roberto Calixto, a empresa possui um grande desafio pela frente. “Todas as nossas equipes estão mobilizadas, preparadas e recebendo treinamentos intensos para que os usuários possam receber, sempre que precisarem, o melhor atendimento”, disse Calixto. Apesar da responsabilidade, o diretor-executivo disse que a concessionária está feliz em iniciar a operação em solo gaúcho. “Trazemos na bagagem toda a experiência e excelência na prestação de serviços do Grupo CCR, proporcionando aos usuários uma rodovia com cada vez mais segurança, conforto e fluidez”, finalizou.

Além das obras em Gravataí, a concessionária está realizando serviços de recuperação e adequação na praça de pedágio de Santo Antônio da Patrulha, no quilômetro 19, e em bases operacionais espalhadas ao longo da rodovia. Ao todo, os serviços de reestruturação da Freeway estão gerando 150 empregos diretos, como é o caso de Roselaine A., de 35 anos. “Estava desempregada há um ano. Conseguir esse emprego foi muito bom para mim”, contou. Ao todo, a CCR estima gerar 2 mil empregos diretos nos dois primeiros anos de concessão da RIS.

Cobrança de pedágio a partir do dia 15

No dia 14 de fevereiro, ocorrerá a assinatura do termo de arrolamento, junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que passará a concessão da RIS oficialmente para a CCR. Já no dia 15, a partir da meia noite, será iniciada a cobrança de tarifa nas praças de pedágio de Santo Antônio da Patrulha, que terá o valor de R$ 8,80 (com passagem unidirecional, apenas no sentido Poa-Litoral) e de Gravataí, que está com o valor fixado em R$ 4,40. A cobrança nas outras cinco praças da nova Rodovia (uma na BR 101 e quatro na BR 386) está prevista para iniciar apenas em fevereiro de 2020.

Pedágio trocará de lugar

WhatsApp Image 2019-01-31 at 19.09.12 (1)

Guinchos da CCR passaram por limpeza na tarde desta quinta.

Reivindicação antiga dos moradores da região, a praça de pedágio de Gravataí passará do quilômetro 77, de onde está atualmente, para o quilômetro 60. O início das obras está marcado para o próximo dia 15 de junho. Já a cobrança no novo local está prevista para ocorrer no dia 15 de agosto de 2020. Em nota, o Movimento Livre Acesso à Freeway disse que o novo local da praça de pedágio “trará grandes melhorias ao nosso cotidiano, tendo em vista um menor fluxo de veículos no interior das cidades de Cachoeirinha e Gravataí”.

O contrato

Assinado no dia 11 de janeiro deste ano, o contrato de concessão da RIS prevê investimentos de R$ 7,8 bilhões em obras e melhorias e R$ 5,6 bilhões em operação, durante 30 anos. A partir do dia 15, a Freeway e as demais rodovias concedidas à CCR contarão com serviços de atendimento médico e mecânico, além de um canal para informações e emergências. O trecho da RIS que envolve a Freeway é compreendido entre as cidades de Osório, Santo Antônio da Patrulha, Glorinha, Gravataí, Cachoeirinha e Porto Alegre. A operação do vão móvel da ponte do Guaíba, na BR 290, em Porto Alegre, assim como o túnel da BR-101, ficará a cargo da concessionária.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *