Mau tempo causa estragos na região | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Mau tempo causa estragos na região

Mau tempo causa estragos na região
Destelhamento e queda de árvore foram registrados nesta segunda-feira nos bairros Parque dos Eucaliptos e Barnabé, respectivamente. | Fotos: Defesa Civil de Gravataí 

A Defesa Civil de Gravataí realizou dois atendimentos nesta segunda-feira referentes ao vendaval que atingiu a cidade. Na Avenida Brasil, no bairro Barnabé, uma árvore caiu sobre uma residência. O Corpo de Bombeiros foi acionado e retirou a árvore do local. Nesta terça-feira, dez telhas foram doadas pela Defesa ao idoso que mora no local. Também nesta terça, uma equipe da Secretaria de Serviços Urbanos fez a limpeza do lugar.

Já na Rua Marechal Floriano, no bairro Parque dos Eucaliptos, uma residência foi parcialmente destelhada. No momento do incidente, não havia ninguém na casa. Durante o atendimento, a Defesa Civil doou dois metros de lona para cobrir a parte do telhado que foi atingida. Também nesta terça-feira, o órgão entregou dez telhas aos proprietários da residência. Em ambos os casos, ninguém se feriu.

Segundo informações da Defesa Civil de Gravataí, os ventos se aproximaram dos 100 quilômetros por hora na Aldeia nesta segunda-feira. Até o início da tarde desta terça-feira, não havia registro de pedidos de ajuda ao órgão, e tampouco registro de pessoas desabrigadas ou feridas em Gravataí.

Em 13 horas, 47 milímetros de chuva

Das 23h desta segunda-feira às 12h desta terça, a Defesa Civil de Gravataí registrou, em média, 47 milímetros de chuva na cidade. De acordo com o coordenador do órgão na cidade, Paulo Roberto Almeida, o volume é considerado médio. “Podemos classificar desta forma. Como a chuva foi intercalada e bem distribuída durante o período, houve tempo para o escoamento. Se essa mesma quantidade tivesse ocorrido em menos tempo, talvez tivéssemos algum problema”, explicou Almeida. Segundo ele, são esperados cerca de 150 milímetros de chuva na Aldeia para este mês de junho.

Apesar da chuva, Rio Gravataí segue abaixo da média

WhatsApp Image 2018-06-12 at 17.38.58As 15h desta terça-feira, a estação fluviométrica do bairro Caça e Pesca, na Aldeia, indiciava que o nível do Gravataí estava em 2,48 metros. “Como os arroios próximos ainda estão mandando água para o Rio, a tendência é de que o nível suba mais nas próximas horas, chegando, no máximo, a 2,55 metros”, disse o coordenador da Defesa Civil de Gravataí. O nível normal do Rio é de 2,60 metros.

Cachoeirinha

Nesta segunda-feira, uma árvore caiu na Avenida Coronel João Batista, no bairro Vila Eunice Nova, em Cachoeirinha. Conforme o coordenador da Defesa Civil do município, Diego Rebelatto, a árvore já foi retirada pelo Corpo de Bombeiros e ninguém ficou ferido. Até a tarde desta terça-feira, não havia registro de pessoas feridas ou desabrigadas na cidade.

Duas mortes no Estado

Duas pessoas morreram no Rio Grande do Sul entre a noite de segunda e a madrugada desta terça-feira devido aos temporais que atingiram o Estado. De acordo com informações da Defesa Civil do RS, as mortes ocorreram nas cidades de Ciríaco e Sarandi, na região Norte do Estado.

Conforme o subchefe da Defesa Civil do RS, coronel Jarbas Trois de Ávila, pelo menos outros 21 municípios do Estado haviam sido atingidos de alguma forma nas últimas horas. “Até a tarde desta terça-feira, o número de casas atingidas é de 984, mas as informações estão sendo atualizadas a todo momento. Isso significa que milhares de pessoas foram atingidas, com mais ou menos intensidade”, disse o coronel.

RGE não confirma falta de energia na região

Questionada sobre uma possível falta de energia elétrica nos municípios de Gravataí e Cachoeirinha em decorrência do mau tempo do início desta semana, a Rio Grande Energia (RGE), através de sua assessoria de imprensa, não se manifestou. Entretanto, a companhia informou que 50 mil clientes ainda estavam desabastecidos até o final da tarde desta terça-feira.

“As regiões mais atingidas até a noite de segunda-feira eram a Serra e o Vale do Paranhana. Com os temporais da madrugada de terça, municípios das regiões Norte e Noroeste do Estado também foram afetados”, diz nota da RGE. “Todas as equipes da RGE trabalham para restabelecer os clientes que estão sem energia elétrica”, finaliza a empresa.

Próximos dias

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), não há previsão de chuva para os próximos dias nas cidades de Gravataí e Cachoeirinha. A previsão completa pode ser acessada no site tempo.cptec.inpe.br.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *