Liquidações de verão no comércio da região têm descontos de até 70% | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Liquidações de verão no comércio da região têm descontos de até 70%

Liquidações de verão no comércio da região têm descontos de até 70%

Para economista, período é ótimo aos clientes que desejam ir às compras. | Foto: Rodrigo Cassol/JG

Passada a movimentação típica de final de ano nas lojas e demais estabelecimentos, o comércio varejista da região se organiza através das liquidações de verão para atrair o público consumidor. Para a lojista Vanessa Teles da Silva, as promoções desta época do ano são necessárias para os negócios. “O movimento é mais baixo nestes meses, porque muitas pessoas estão na praia. Por isso, acredito que essas promoções sejam importantes para um crescimento das vendas”, disse Vanessa nesta quinta-feira. Ela trabalha em uma loja de roupas localizada na Avenida dos Estados, entre os bairros Bom Sucesso e Vera Cruz, em Gravataí. No local, os descontos no vestuário de verão, como bermudas e camisetas regatas, podem chegar a 40%. Em uma outra loja visitada pela reportagem do Grupo 2M na tarde desta quinta, havia itens de verão com até 70% de desconto do valor inicial.

WhatsApp Image 2019-02-07 at 19.39.17

Roupas de verão podem ser encontradas com desconto. | Foto: Rodrigo Cassol

Para o presidente do Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) de Gravataí, José Rosa, os meses do verão representam um bom momento para os clientes irem às compras. “As lojas estão com excesso de estoque, devido às vendas de final de ano terem sido abaixo do esperado. Se há estoque, as lojas precisam liberá-lo, para recuperar o investimento e para já pensar nas compras da temporada de inverno”, explicou o dirigente. Segundo ele, o clima é determinante para o movimento no comércio. “Quando está muito calor, as pessoas não têm disposição para ir às compras – nem mesmo nos shoppings. Nesse caso, a melhor opção acaba sendo a praia”, disse Rosa.

A aposentada Enilda da Silveira Machado, de 79 anos, disse que os meses de janeiro e fevereiro são bons para os consumidores. “É uma boa opção. Eu, por exemplo, costumo comprar alguns vestidos nessa época”, disse ela, que conferiu algumas ofertas na tarde desta quinta.

Gravataí Shopping com descontos de até 60%

Também na onda das liquidações, o Gravataí Shopping Center iniciou nesta quinta-feira a segunda edição do Pegaí Gravataí, que promete oferecer, até o próximo domingo, descontos de até 60% nas lojas participantes da promoção. Além das liquidações, os consumidores terão a oportunidade de participar de um quiz, chamado de Parada Premiada. Na ação, serão distribuídos aproximadamente 300 brindes aos participantes da brincadeira. Já nos finais de tarde, a atração será através da música, com William Neto e Angela Angel (sexta, às 18h), Guinahan (sábado, às 19h) e Mauro Kupim (domingo, às 18h).

Em pesquisa, lojistas consideram vendas como regular

Uma pesquisa divulgada pelo Sistema Fecomércio-RS no dia 10 de janeiro deste ano apontou que 37,4% dos lojistas ouvidos pela entidade consideram o desempenho de suas vendas nos últimos 6 meses como regular. Já para outros 30,4%, as vendas no período foram boas. Consideraram os negócios como ruim 21,3% dos entrevistados. Um desempenho considerado como excelente ou bom foi relatado por 10,9% dos lojistas ouvidos. Ao todo, a pesquisa abordou 385 estabelecimentos entre os dias 12 e 18 de dezembro de 2018. Como as principais causas para o desempenho abaixo do esperado, foram citadas a crise que o país vivencia, a carga tributária e a concorrência, entre outros fatores.

Período é ótimo para compras, avalia economista

divulgacao

Gustavo Moraes é coordenador do curso de Ciências Econômicas da PUC-RS | Foto: lattes.cnpq.br

Para o coordenador do curso de Ciências Econômicas da PUC-RS, Gustavo Moraes, o momento é ótimo para os consumidores irem às compras. “As mercadorias que não foram vendidas caem em desuso. Combinado a isso, nesse período do ano o consumidor tem um poder de compra menor. Logo, é um momento propício para arrancar bons descontos dos comerciantes”, disse o economista. Para Moraes, a dica é válida para outras compras do cotidiano, como brinquedos e material escolar, por exemplo. “Na medida do possível, as pessoas devem deixar as compras que não são urgentes para períodos do ano em que a procura é menor”, enfatizou.

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *