Em dez anos, curso de Psicologia da Cesuca formou quase 300 profissionais | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Em dez anos, curso de Psicologia da Cesuca formou quase 300 profissionais

Em dez anos, curso de Psicologia da Cesuca formou quase 300 profissionais

Paola é coordenadora do curso desde o primeiro semestre de 2017. | Foto: Rodrigo Cassol/2M

Em setembro, graduação oferecida pela instituição de Cachoeirinha vai completar uma década. Nesta segunda, começa o evento em comemoração à data.

Uma matriz curricular muito forte, atualizada, que analisa a profissão como ela tem sido nas últimas décadas. É a partir disso que a atual coordenadora do curso de Psicologia na Faculdade Cesuca, a professora Paola Vargas Barbosa, credita grande parte do sucesso obtido pelo curso ao longo de seus quase 10 anos de atuação em Cachoeirinha, que serão completados no próximo dia 22 de setembro. Ao longo desse tempo, 280 profissionais já foram formados na instituição – e aproximadamente 80% deles seguem atuando na profissão, conforme estimativa da própria Cesuca.

“Não focamos apenas em áreas tradicionais da Psicologia, mas também em cima da realidade atual da profissão no Brasil. Além disso, apesar de sermos uma instituição de pequeno porte, valorizamos muito a qualidade dos professores, tendo um histórico de docentes muito qualificados”, lembrou a coordenadora. Atualmente, dos 11 professores que atuam na graduação, oito possuem o título de doutor – o que representa 72% dos profissionais. Ao todo, o curso possui atualmente cerca de 600 alunos, distribuídos em turmas com aulas de segunda a sexta-feira, nos turnos da tarde e da noite.

De acordo com a professora, um dos diferenciais da graduação oferecida pela Cesuca é que ela está inserida no contexto de Cachoeirinha. “Somos uma das poucas instituições que oferecem a Psicologia na região. Até por isso, nosso projeto tem muito a ver com o dia a dia dos trabalhadores, com disciplinas voltadas à ênfase em saúde e ao trabalho, pois estamos em uma região com vocação para a indústria”, comentou Paola. Somente na última formatura do curso de Psicologia da Cesuca, ocorrida no primeiro semestre deste ano, 39 alunos foram graduados. “Nosso intuito é não somente formar profissionais ao mercado, mas preparar psicólogos comprometidos com a atuação da profissão, de forma ética e crítica”, enfatizou.

Para a estudante de Psicologia da Cesuca Jeani Corrêa Barcellos, de 55 anos, as instituições de ensino precisam estar engajadas com a sociedade. “A teoria tem de estar de acordo com o que a comunidade necessita. Acredito que a Cesuca vem amadurecendo nesta questão, sobretudo através dos projetos sociais que estão sendo desenvolvidos, que possibilitam o atendimento de parte da população”, disse a aluna do 9º semestre. Em 2015, a graduação em Psicologia da instituição recebeu nota máxima (cinco) no Conceito Preliminar de Curso de acordo com os Indicadores de Qualidade da Educação Superior divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação. Ao todo, o curso conta com 10 semestres.

Instituição completa 15 anos em 2019. | Foto: Rodrigo Cassol/2M

Projeto social do curso já atendeu 300 pessoas neste ano

O curso de Psicologia da instituição possui como principal projeto social o Serviço Escola de Psicologia (SEP), que oferece atendimentos gratuitos aos moradores da região. Atualmente, o SEP está estruturado em quatro núcleos: Acolhimento e Grupos (para triagem de interessados), Clínico (para atendimentos individuais), Jurídico (área específica) e Comunitário (destinado sobretudo ao contexto escolar). Na ação, os estudantes atendem pacientes encaminhados pelas prefeituras conveniadas no projeto – que, por alguma razão, não puderam prestar o auxílio. O atendimento também pode ser buscado através da própria instituição. 

De acordo com a coordenadora do curso, cerca de 50 alunos participam do SEP a cada semestre. “São estudantes que estão no final do curso, no período de estágio obrigatório. Eles são supervisionados semanalmente por psicólogos já formados ou por professores da Cesuca. É importante ressaltar que as pessoas que recebem o atendimento estão cientes de que estão sendo auxiliadas por alunos da instituição”, explicou a professora. Somente neste ano, o projeto já atendeu quase 300 pacientes – chegando próximo ao número de atendimentos de todo o ano passado, quando 400 pessoas foram auxiliadas.

“É um serviço que contribui para uma formação de qualidade e também para uma tarefa que é a de mudar o olhar desses alunos. É importante mostrar a eles que existem pessoas que vêm de realidades diferentes, e que o sofrimento do outro tem que ser respeitado na sua totalidade”, disse Paola. Para maiores informações sobre os atendimentos, o número (51) 3396.1040 está à disposição da comunidade.

Comemoração

Apesar de o curso completar uma década somente em setembro, a coordenação decidiu aproveitar o Dia do Psicólogo, comemorado em 27 de agosto, para unir as comemorações. Entre segunda e terça-feira, a instituição receberá diversas atividades relacionadas à profissão, que incluem debates sobre a história do curso, discussões a respeito do futuro da Psicologia e depoimentos de alunos e ex-alunos do curso acerca de suas experiências no mercado de trabalho. “A ideia é promover rodas de conversa para compartilhar experiências e, também, pensar o futuro da Psicologia. Temas como o atendimento virtual, que teve sua autorização modificada neste ano pelo Conselho Federal de Psicologia, serão abordados”, adiantou a coordenadora.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *