Educação | Provas da Olimpíada Brasileira de Matemática são aplicadas na região | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Educação | Provas da Olimpíada Brasileira de Matemática são aplicadas na região

Educação | Provas da Olimpíada Brasileira de Matemática são aplicadas na região

Escola Alencastro, que teve o melhor aluno de Gravataí no ano passado, participou da competição novamente. | Foto: JG

Nesta terça-feira, diversas escolas de Gravataí e de Cachoeirinha sediaram a primeira fase da 14ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). A Escola Estadual de Ensino Fundamental Antônio José de Alencastro, que teve o melhor aluno de Gravataí na primeira fase da Obmep do ano passado, foi uma das instituições que receberam as provas neste ano. “Acho que a Olimpíada é um incentivo para que o raciocínio lógico seja desenvolvido nos alunos, já que, com as atividades do dia a dia, eles já estão acostumados. Nossa escola sempre teve boas colocações, e a gente sempre fala para os nossos estudantes buscarem dar continuidade a estes bons resultados”, disse a vice-diretora do turno da tarde, Fabiana Rodenbusch. Neste ano, cerca de 18 milhões de alunos de 54,5 mil escolas participarão da primeira fase da competição.

Para a professora de matemática Cláudia Stela, a prova da Obmep oportuniza uma integração entre os alunos. “Acho importante as escolas participarem da competição, pois isso faz com que os alunos daqui se sintam integrados com todo o país”, lembrou Cláudia. “Além disso, a prova possui questões bem elaboradas, que desafiam os alunos a raciocinarem”, finalizou.

A prova da primeira fase da Obmep possuiu 20 questões de múltipla escolha, com cinco opções em cada questionamento e com apenas uma resposta correta. A Olimpíada é dirigida aos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e aos alunos do Ensino Médio, de escolas públicas municipais, estaduais e federais, além das escolas privadas. Na competição, os estudantes são divididos em três níveis: 6º ou 7º ano, 8º ou 9º ano e alunos do Ensino Médio.

Melhor aluno da Aldeia na última Obmep estudava no Alencastro

WhatsApp Image 2018-06-05 at 18.45.51Em 2017, o estudante João Pedro Magalhães de Souza conquistou medalha de bronze no nível 1 entre todas as escolas estaduais do Rio Grande do Sul. Na oportunidade, ele ficou entre os 10 melhores alunos na sua categoria, além de ser o primeiro aluno da instituição a conquistar uma medalha na Obmep. “Neste ano, o pai dele optou por colocá-lo em uma escola particular, com mais recursos. A ideia é que o João estude em um colégio militar a partir do próximo ano”, contou Fabiana Rodenbusch. Atualmente, João Pedro cursa o 9º ano. A reportagem do Grupo 2M não conseguiu contato com o estudante até o fechamento desta matéria.

Classificados para a próxima fase serão conhecidos em agosto

No próximo dia 13 de agosto, os organizadores da Obmep divulgarão os classificados para a 2ª fase. Na data, também serão informados os locais de realização das provas da nova etapa. As provas da 2ª fase serão realizadas no dia 15 de setembro, às 14h30. A divulgação dos premiados será feita no dia 21 de novembro.

Questionada sobre a participação dos alunos da escola Alencastro na segunda fase da competição, a vice-diretora do turno da tarde disse que a grande maioria dos estudantes realiza a segunda prova. “Cerca de 90% dos estudantes aprovados na primeira fase também participam da segunda. Geralmente, a prova da segunda etapa é realizada na escola Santa Rita, que fica perto daqui. Por isso, a questão do descolamento não é um problema”, garantiu. A escola está localizada no bairro Parque Olinda.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *