Dados da Receita Estadual | Quase 25 mil contribuintes ainda não pagaram o IPVA em Gravataí e Cachoeirinha | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Dados da Receita Estadual | Quase 25 mil contribuintes ainda não pagaram o IPVA em Gravataí e Cachoeirinha

Dados da Receita Estadual | Quase 25 mil contribuintes ainda não pagaram o IPVA em Gravataí e Cachoeirinha
Na Aldeia, inadimplência está em 21%. Números foram atualizados no último dia 8. | Foto: Rodrigo Cassol/ Jornal de Gravataí 

A Receita Estadual divulgou, neste domingo, uma tabela atualizada com os valores de inadimplência do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em 2018. De acordo com os dados, 24.966 contribuintes da região ainda não fizeram o pagamento do Imposto. Em Gravataí, dos 81.092 veículos tributados, 63.920 já estão com o tributo quitado – representando uma inadimplência de 21%. Dos R$ 51,5 milhões de arrecadação projetados para a Aldeia, R$ 43,5 milhões já entraram nos cofres do Estado. Do total arrecadado com o IPVA, metade é repassado automaticamente às prefeituras – conforme o município de emplacamento do veículo. Os dados foram atualizados na última sexta-feira.

Para o secretário da Fazenda de Gravataí, Davi Keller Severgnini, os números são considerados como satisfatórios. “Nossa receita já está em mais de R$ 21 milhões. Em relação a uma projeção feita por nós, da Secretaria, com base em um histórico dos últimos anos de nossos contribuintes, nossa inadimplência, no momento, é de 12,5%”, disse Severgnini. Em relação aos investimentos, Davi explica que os valores possuem percentuais constitucionais. “Parte dos recursos deve ser destinada para as áreas da saúde e da educação. O restante será usado para despesas correntes, como a folha de pagamento de funcionários”, explicou o secretário.

O Contribuinte Luís Fialho, de 48 anos, disse que prefere antecipar o pagamento do tributo. “Eu paguei o IPVA do meu carro em fevereiro. Prefiro antecipar o pagamento e já ficar livre desta obrigação”, disse o promotor de vendas.

Inadimplência de 19% em Cachoeirinha

Em Cachoeirinha, dos 40.152 donos de veículos que devem quitar o imposto, 32.358 já o fizeram. Os números representam uma inadimplência de mais de 19%. Dos R$ 27,7 milhões que a cidade deve arrecadar com o imposto, R$ 23,8 milhões já foram quitados pelos contribuintes.

O secretário da Fazenda interino de Cachoeirinha, Alex Branco, acredita que o baixo percentual de inadimplência é reflexo do comprometimento do cidadão de Cachoeirinha. “Há alguns anos, os motoristas da cidade emplacavam seus carros em municípios como Porto Alegre, Canoas ou Gravataí. Hoje em dia, é possível perceber que os veículos que rodam pela cidade estão, cada vez mais, com placas de Cachoeirinha. Isso, em termos de arrecadação, é importante para o município. Por consequência, a nossa cidade cresce”, comemorou Branco.

Sobre os repasses, o secretário interino disse que os recursos serão utilizados em várias ações. “Além da transferência para as áreas específicas, como saúde e educação, os valores servem para atender a todas as demandas do município”, finalizou.

Receita Estadual inicia ofensiva

A Receita Estadual do RS espera recuperar R$ 285 milhões que deixaram de ingressar nos cofres públicos até o momento. Para isso, o órgão fará barreiras simultâneas, nesta semana, em algumas cidades do Estado. Por questões de segurança, a Receita não divulgou mais detalhes sobre as ações. Em todo o Estado, dos 3,5 milhões de veículos tributados, 573,1 mil seguem circulando pelas ruas com o IPVA atrasado.

Juros e multas

A Receita Estadual informou que o contribuinte que não pagou o tributo em dia perderá os descontos de Bom Motorista (de até 15%), de Bom Cidadão (de até 5%) e terá multa de 0,33% ao dia sobre o valor do imposto não pago – até o limite de 20%. “Depois de 60 dias em atraso, o débito sofrerá acréscimo de mais 5% e será inscrito em dívida ativa”, diz nota no site do órgão.

CRLV tem prazos diferentes

Os prazos para a renovação do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) são diferentes dos prazos do IPVA. Para as placas com final 1, 2 ou 3, o prazo se encerrou no dia 30 de abril. Para as placas com final 4, 5 ou 6, o imposto venceu no dia 31 de maio. Já para as placas com final 7 ou 8, o prazo se encerra no próximo dia 30. Para as placas com final 9 ou 0, o vencimento será no dia 31 de julho.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *