Caso Nicolle | Suposto crime pode ter sido ordenado de dentro do Presídio Central | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Caso Nicolle | Suposto crime pode ter sido ordenado de dentro do Presídio Central

Caso Nicolle | Suposto crime pode ter sido ordenado de dentro do Presídio Central

Jovem foi vista pela última vez no dia 2 de junho, em Cachoeirinha | Foto: Reprodução

Escutas obtidas pela Polícia Civil reforçam uma das hipóteses da investigação do caso da jovem Nicolle Brito Castilho da Silva, 20 anos, que foi vista pela última vez na noite do dia 2 de junho, em Cachoeirinha. O teor das escutas revela que o desaparecimento foi ordenado de dentro do Presídio Central de Porto Alegre. De acordo com o delegado Leonel Baldasso, o preso ouvido se comunicava com a namorada e se referia constantemente ao caso da jovem desaparecida.

As escutas também indicam que a motivação para o suposto crime seria uma intriga – gerada por Nicolle – entre duas facções rivais. Essa confusão teria motivado o assassinato do casal Paola dos Santos, 21 anos, e Ricardo Correa Sobrinho, 26 anos, dois dias antes do desaparecimento da jovem. Nicolle e Paola eram amigas, assim como Ricardo era próximo do presidiário investigado. Em outra escuta, o apenado ameaça a namorada de morte e menciona o desaparecimento de Nicolle. “Vou te matar e vou sumir contigo, igual sumi com ela”, diz o preso por telefone. A Polícia Civil segue investigando o paradeiro da jovem de 20 anos. As informações são do site GauchaZH.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *