Cachoeirinha | Moradora reclama de descarte irregular de lixo no Parque da Matriz | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Cachoeirinha | Moradora reclama de descarte irregular de lixo no Parque da Matriz

Cachoeirinha | Moradora reclama de descarte irregular de lixo no Parque da Matriz

De acordo com Silvana de Campos Mariano, de 46 anos, problema se agravou no final do ano passado. Secretaria de Serviços Urbanos já visitou o local. | Foto: Silvana Mariano/ Reprodução

Uma moradora da Avenida Panamericana, no bairro Parque da Matriz, tem sofrido com o descarte irregular de lixo em frente a sua residência. De acordo com a administradora de empresas Silvana de Campos Mariano, de 46 anos, os dois contêineres de lixo instalados em frente ao número 1 da avenida recebem todos os tipos de lixo, que também são descartados do lado de fora das lixeiras. Segundo ela, o problema seria causado, principalmente, por um supermercado.

“Os carroceiros, o comércio local e os próprios moradores das proximidades estão descartando o lixo de forma errada. Eles largam os dejetos dentro e fora das lixeiras. Já reclamei, abri protocolo e, até o momento, não obtive retorno”, disse a moradora. Apesar de relatar que a situação ocorre, pelo menos, desde 2017, Silvana entrou com um protocolo de reclamação apenas no último dia 7 de março.

“Há um descaso da prefeitura quanto a essa situação. As lixeiras localizadas na frente da minha casa estão juntando todos os tipos de insetos e roedores. A prestadora de serviço, que deveria recolher e higienizar as lixeiras, não está cumprindo com o contrato. Devido a isso, o cheiro de carniça é insuportável”, desabafou.

Secretaria de Serviços Urbanos já visitou o local

foto_2

Protocolo com reclamação foi aberto no último dia 7 de março

O diretor de Limpeza Urbana da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos de Cachoeirinha, Gustavo Bittencourt, disse que visitou o local na tarde da última terça-feira. “A demanda não tinha chegado até mim. De fato, ao chegar ao local, encontrei madeiras e restos de frutas e verduras no chão. Há um mercado próximo ao local. Fui até lá, conversei com a responsável pelo estabelecimento e ela disse que utiliza sacos plásticos para descartar o lixo. Ela informou, ainda, que são os moradores de rua que rasgam os sacos plásticos, causando essa situação. Apesar disso, o mercado se comprometeu a dar um cuidado maior ao descarte de lixo no local”, informou o diretor.

Em relação aos contêineres, Gustavo Bittencourt afirmou que uma empresa contratada faz a coleta na região durante as terças, quintas e sábados, das 12h às 19h. Além disso, Bittencourt disse que uma higienização é feita regularmente na lixeira, com uma lavagem interna. “A ideia do contêiner é muito boa. Ela é usada em vários municípios do Estado. É uma coisa higiênica. É uma pena que o pessoal acabe colocando coisas na volta dos contêineres, ou até mesmo dejetos que não deveriam ser depositados ali”, lamentou Gustavo.

Segundo o Executivo municipal, Cachoeirinha dispõe de 900 contêineres destinados exclusivamente ao lixo orgânico ou úmido, como restos de alimentos, cascas de frutas, papel higiênico, fraldas e absorventes.

Moradora pede que contêineres sejam removidos

Em sua reclamação, Silvana disse que quer a remoção dos contêineres da frente de sua residência. “Não temos como afirmar que vamos remover os contêineres, pois eles atendem a outros contribuintes. Talvez possamos deslocar um deles para outro local nas proximidades, mas vamos avaliar todas as situações”, respondeu o diretor.

Ecopontos para descarte de lixo estão disponíveis na região

As cidades de Gravataí e Cachoeirinha possuem ecopontos para o descarte correto do lixo. Em Gravataí, os locais ficam na Avenida Álvares Cabral, no bairro Morada do Vale I, e na Rua Concórdia Costa, no bairro São Vicente. Em Cachoeirinha, o descarte pode ser feito na Rua Ary Rosa dos Santos, no bairro Central Parque, e na Rua Lindolfo Wagner, no bairro Parque da Matriz. Os endereços estão de acordo com o site dos Correios.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *