Cruzeiro mantém invencibilidade e garante liderança | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Cruzeiro mantém invencibilidade e garante liderança

Cruzeiro mantém invencibilidade e garante liderança

Estrelado de Cachoeirinha derrotou o São José de Porto Alegre por 2 a 1 e segue na liderança da Copa Paulo Sant’ana 

 

Com o apoio da Fiel Torcida Cruzeirista e com o espírito guerreiro do técnico Claiton dos Santos, o Cruzeiro venceu o São José por 2 a 1 na tarde desta quinta-feira, feriado nacional, no estádio Vieirão, em Gravataí. O zagueiro Ghullithi fez 1 a 0 no primeiro minuto do segundo tempo e o atacante Janderson ampliou aos seis. O zequinha ainda descontou com Kelvin aos sete minutos, mas o estrelado segurou com muita raça a vitória e manteve ampla superioridade no confronto direto com o rival desde 1914. Agora o Cruzeiro tem 65 vitórias, 38 empates e 57 derrotas em 160 confrontos. O Cruzeiro volta aos gramados no domingo, às 16 horas, para enfrentar o Igrejinha no campo do adversário.

O jogo começou equilibrado e foi bastante truncado no primeiro tempo, com o Cruzeiro tentando tomar a inciativa, mas esbarrando na retranca adversária. Na etapa final, após a conversa do técnico Claiton dos Santos no vestiário, o Cruzeiro voltou com mais agressividade. E a nova postura em campo deu resultado imediato. Logo no primeiro minuto, após cobrança de escanteio, o zagueiro Ghullithi fez, de cabeça, 1 a 0 para o estrelado. O zequinha sentiu o gol e o Cruzeiro seguei abafando o adversário. Assim, aos seis minutos, Janderson aproveitou um rebote do goleiro Fabio e ampliou para o estrelado. No minuto seguinte Rafinha Magalhães quase fez o terceiro, mas o arqueiro adversário defendeu. Aos 9, Kelvin acertou um belo chute de fora da área, sem chances para o goleiro Deivity, descontando para o zequinha.O São José só voltou a atacar aos 18 minutos, quando Rafinha chutou e Deivity defendeu. Aos 21 minutos o goleiro cruzeirista fez mais uma boa defesa, O jogo ficou mais aberto e o Cruzeiro passou a explorar os contra-ataques. Aos 28 minutos quase que o estrelado ampliou, mas o goleiro defendeu. O São José ainda teve mais uma boa chance para empatar em chute de Kelvin aos 41 minutos, mas a bola passou à esquerda da meta estrelada. O Cruzeiro desperdiçou um grande contra-ataque aos 43 com Janderson. Oficialmente, o árbitro deu cinco minutos de acréscimo, mas levou o jogo até os 52 minutos. Apesar dos abusivos acréscimos, o placar não se alterou e o Cruzeiro confirmou a sua vitória por 2 a 1 diante do time da zona norte de Porto Alegre.

Jose Haag

Jogadores comemoram com o técnico Claiton dos Santos.  /////   Fotos:  Jose Haag

 

Ficha do jogo:

Copa Paulo Sant’ana – Cruzeiro 2 x 1 São José

Gols: Ghullithi, Janderson (C) e Kelvin (SJ).

Cruzeiro: Deivity; Diego Superti, Wagner Silva, Ghullithi e Ot-avio; Tawan, Reinaldo (Gregory), Nathan (Matheus Paulista) e Diogo (Carlos França); Rafinha Magalhães (Saldanha) e Janderson. Técnico: CLaiton dos Santos.

São José: Fabio; Marcel (Rafinha), Alemão, Bruno e Dudu; Guedes, Fidélis (Silas), Diego Torres e Paulinho; Márcio Jonathan (Kelvin) e Flávio Torres (Toto). Técnico: Rafael Jaques.

Arbitragem: Luciano Prudente, com Tiago Diel e Michael Stanlislau




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *